Vasco se articula em busca de novo técnico para 2017

O técnico Jorginho não deve permanecer como treinador do Vaso da Gama na próxima temporada. Por isso, a diretoria do clube de São Januário já articula nomes para comandar o time na temporada de 2017. O contrato de Jorginho vence agora no fim do ano e, a descontinuidade do contrato com o clube pode estar sendo motivada por atritos que o técnico teria tido com alguns atletas, que negam qualquer desconforto com o treinador. Os nomes mais cotados pela diretoria, segundo apurou a reportagem do Esporte Uol, são os de Cristovao Borges e Vanderley Luxemburgo.

Segundo o Esporte Uol, os dirigentes do Vasco devem esperar o desfecho do Campeonato Brasileiro da série B, na qual a equipe atualmente ocupa o terceiro lugar, com 59 pontos e ainda três jogos para serem disputados contra Bragantino, Criciúma e Ceará. O Ceará é um dos concorrentes diretos ao acesso à série B. Apesar de figurar na oitava posição, com 53 pontos, ainda tem chances de subir.

Um dos pontos favoráveis a contratação de Cristovão Borges é ja possuir um histórico na equipe carioca. Em 2011, era auxiliar técnico de Ricardo Gomes, na campanha que levou o clube à conquista da Copa do Brasil. Com o AVC sofrido por Gomes, assumiu o cargo de treinador, exercido até 2012. Depois do Vasco, ele assumiu o Bahia, Fluminense, Atletico-PR e, mais recentemente, o Cortinthians.

Já Vanderley Luxemburgo não atua como treinador desde que deixou o futebol chinês. Segundo a reportagem, o nome de Luxemburgo é o mais cotado caso Cristovão Borges não feche contrato com o clube. Porém, o grupo que defende a contratação do técnico não tem encontrado muito entusiamo por parte do presidente Eurico Miranda. Outros nomes como o de Roger Machado, ex- Grêmio, também tem sido avaliados pelos dirigentes vascaínos. Apesar disso, o nome de Machado tem encontrado resistências com relação a valores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *