Tropeço do Fla deixa Palmeiras mais perto do título

O herói do mundial corintiano foi o vilão na partida que deu o empate em casa para o Flamengo pela 32ª rodada do brasileirão com direito a erros de arbitragem e gol invalido.

O presidente Eduardo Bandeira de Mello admitiu o erro a favor do Flamengo no empate por 2 a 2 com o Corinthians, no domingo (23), no Maracanã. O atacante Paolo Guerrero fez um gol em impedimento no primeiro tempo o que teve interferência direta no resultado final. O atleta fez mais um de cabeça no segundo tempo.

Questionado sobre o lance, Bandeira disse não o ter revisto e ressaltou a primeira vez em que o Flamengo foi favorecido na competição.

“Não tem sido tanto a favor no caso do Flamengo. Não revi o lance, mas acredito na avaliação de vocês. Se o gol realmente estava impedido, reconhecemos e terá sido o primeiro caso de um erro de arbitragem que nos favorece em 32 rodadas”, afirmou.

De fato não foram muitos os casos de erros no julgamento dos árbitros que facilitou as coisas para o Fla, principalmente algo tão decisivo.

Restam seis rodadas para o encerramento do Brasileirão. Ainda assim, Bandeira de Mello disse confiar na conquista do heptacampeonato.

“É um final difícil. Precisamos nos superar e dar o máximo para fazer o melhor”, disse, respondendo na sequência sobre as qualidades do time para chegar ao título. “Isso aqui é Flamengo. Não preciso dizer mais”, encerrou.

Do outro lado o Palmeiras fez o dever de casa mesmo com dificuldades e venceu o Sport aumentando a diferença de pontos com o Flamengo para 6 pontos no Allianz Parque, e se aproximou ainda mais do título do Campeonato Brasileiro. O técnico Cuca admitiu uma dose de sorte da equipe alviverde diante dos pernambucanos, especialmente pelo gol de Tchê Tchê no fim da primeira etapa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *