Torcida do Santos tenta invadir hotel

Segundo noticia do esporte.uol.com.br, Torcedores furiosos tentaram invadir o hotel em que estava a delegação do Santos na noite da terça-feira (06), em São Paulo. Revoltados com a situação do time xingaram os jogadores. O atacante Kayke, como já havia ocorrido no protesto no CT Rei Pelé, foi o principal alvo. Atualmente o clube ocupa a quarta posição da zona de rebaixamento. O técnico Levir Culpi estava no hotel, ele havia acabado de fechar contrato com o Santos até o fim desta temporada.
A delegação santista está em São Paulo devido ao duelo contra o Botafogo, nesta quarta-feira, às 21h, no estádio do Pacaembu.

A torcida chegou no momento em que os jogadores estavam jantando. Os torcedores tentaram invadir o saguão, mas foram impedidos pelos seguranças. A Polícia Militar foi acionada para acalmar o tumulto.

Torcedores revoltosos já haviam protestado na saída do CT Rei Pelé, por causa da má fase do clube no Brasileirão.

Os manifestantes gritaram “time sem vergonha” e pediram para Kayke “respeitar” o clube: “Kayke (…) respeita o meu Peixão”.

Recentemente, o jogador discutiu com seguidores através das redes sociais. “Muito preparo para pouco futebol”, comentou um torcedor em foto do atleta, que rebateu: ” Muita corneta para pouca torcida! #vaipraVila”. O torcedor entendeu que o momento não é de desabafar na torcida e direcionou protestos ao atacante.

O episódio repercutiu muito mal para o camisa 11 que tentou minimizar o que foi dito: “Não cobrei a torcida do Santos como alguns estão dizendo. Fiz uma postagem diretamente para uma pessoa tanto que marquei ele”, publicou no Twitter.

A equipe perdeu três das quatro partidas que fez no nacional até aqui e beira a zona de rebaixamento, mas vale lembrar que o time segue na Copa do Brasil e terá duelo com o Flamengo no dia 28 deste mês e ainda espera por adversário nas oitavas de final da Libertadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *