São Paulo leva goleada no estadual

O São Paulo passou por uma braba no domingo (17), foi goleado por 4 a 1 e eliminado do Paulistão pelo Audax para a alegria dos rivais que comemoraram muito a eliminação e espalharam memes de todo tipo pela Internet. O resultado ruim ainda poderá se estender para a Libertadores em forma de desmotivação. Na quinta-feira (21) o time entra em jogo na Bolívia para encarar o The Strongest pela última rodada da fase de grupos.

O time deve ficar abalado pela goleada sofrida pelo Audax. A altitude de La Paz torna o jogo final um desafio ainda maior. Lugano chegou a dizer em entrevista coletiva que é mais fácil reverter um resultado contra o Real Madrid no Santiago Bernabéu, do que na capital boliviana. Além da goleada sofrida, o técnico argentino Edgardo Bauza não poupou titulares e o cansaço poderá provavelmente vai atrapalhar o clube paulista.

O resultado fará com a equipe do técnico Edgardo Bauza fique novamente pressionada, já que a goleada foi humilhante. Caso perdesse por um resultado menor, a cobrança seria compatível, mas uma goleada somada a desclassificação pesa muito para o torcedor. Agora a pressão volta para o elenco tricolor, que pode se redimir se conseguir a classificação na Libertadores.

Virou uma questão de honra para os são-paulinos a vitória no mata-mata em um grupo tão acessível como ao que eles compõem, com times como Strongest e Trujillanos da Venezuela. Caso o time também seja eliminado da competição continental, pode ser que os dias do treinador argentino estejam contados.

Há quem diga que o problema é a comunicação, de fato Bauza precisa de mais tempo para trabalhar o time.

Quanto ao The Strongest, o clube demitiu no sábado o treinador Mauricio Soria isso pode ser considerada uma vantagem para o São Paulo. A decisão foi tomada pelo presidente César Salinas a cinco dias da partida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *