Santos evita time misto mesmo com vantagem em ultimo jogo das oitavas de final

O técnico Dorival Júnior tem feito mudanças para garantir a vitória na Copa do Brasil, competição que da vaga direta na Libertadores para o campeão. Ele pediu o afastamento de Marcelo Fernandes, técnico campeão paulista pelo Santos em 2015 e atua atualmente como auxiliar. O motivo foi uma crise com o próprio Dorival.

Quanto ao jogo contra o Vasco, o técnico descartou a hipótese de utilizar um “time misto” no duelo mesmo com a vantagem de 2 gols em casa, lembrando que o empate sem gols na casa do Vasco desclassifica o Santos.

O jogo será nesta quarta-feira (21), às 21h45, no estádio São Januário, válido pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. A equipe santista venceu a partida de ida por 3 a 1 na Vila Belmiro e, por isso, pode até perder por um gol de diferença para se classificar. 2 a 0 classifica o Vasco, vale lembrar que já aconteceram várias ocasiões como esta antes na Copa do Brasil, inclusive o Sport clube do Recife ganhou encima do Corinthians dessa maneira em 2008.

Outra motivação para Dorival escalar o elenco principal é a dificuldade de jogar em São Januário.

O Santos não vence na casa do rival há mais de dez anos. A última vitória do alvinegro em São Januário ocorreu no dia 26 de outubro de 2005, quando a equipe venceu por 3 a 1, pelo Campeonato Brasileiro. Depois disso, o Santos empatou uma vez e perdeu seis partidas. Neste período, em 2013, os times ainda se enfrentaram no Maracanã.

A última derrota do Santos diante do rival fora de casa tirou o time da Copa Libertadores da América. Isso porque o clube paulista foi derrotado no estádio do Vasco na penúltima rodada do Brasileiro do ano passado e, com isso, perdeu matematicamente as chances de se classificar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *