Promotoria pediu julgamento de Neymar

A acusação pediu ao Alto Tribunal para processar o jogador do FC Barcelona, Neymar da Silva e seu pai, por um delito de corrupção entre os indivíduos. A informação foi divulgada em primeira mão pela rádio espanhola, Cadena SER ma segunda-feira (06).

Quatro dias depois de Leo Messi sentar-se no banco do Tribunal de Barcelona por suposta fraude, agora é a vez de Neymar. Barcelona não têm trégua no tribunal. De acordo com a Cadena SER, o promotor se refere a proposta de escrito por julgar o caso do alegado golpe do grupo DIS que possuía 40% dos direitos federativos do atleta. O fundo fez queixa na Justiça espanhola alegando ter sido prejudicado na negociação do atleta com o Barça em 2013. Em uma sequência lógica de eventos, o juiz deve seguir os critérios da promotoria. Uma vez praticada todos os processos, devem sentar-se no banco Neymar, seu pai, sua mãe, os presidentes do Barcelona e Santos, Rosell e Odilus Rodrigues. A promotoria propõe ao juiz acusar Neymar de corrupção, porque por trás do fundo brasileiro que teve seus direitos federativos, assinado em 2011 com os contratos de clube que vinculadas a este clube, alterando desta forma, o mercado livre também feriu o DIS, que foi privada da possibilidade de que o jogador entrou nas regras da livre concorrência declarou a acusação.

“O Barcelona e a família do Neymar fizeram o primeiro acordo em 2011 sem passar pelo Santos e por seus representantes. A Fifa não permite ‘venda futura’ e certamente pode penalizar o Barcelona e o Neymar por essa transação”, disse o diretor da DIS, Roberto Moreno em entrevista ao UOL Esporte.

A assessoria de Neymar disse em comunicado também ao UOL não ter sido notificada pelas autoridades espanholas. Além disso, comprometeu-se a colaborar com a Justiça espanhola e assegurou não ter problemas contratuais com o Grupo DIS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *