Pia Sundhage é apresentada como nova técnica da Seleção Brasileira

A CBF não demorou para anunciar a nova treinadora da Seleção Brasileira de Futebol Feminino, que chega para substituir o demitido Vadão que caiu após levar a seleção apenas até as oitavas de final da última edição da Copa do mundo onde foi derrotado pela França, dona da casa.

Trata-se de Pia Sundhage, sueca de 59 anos que recebeu a Bola de Ouro como melhor treinadora do ano de 2012, foi medalha de prata com a seleção da Suécia nas Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016 e medalha de ouro duas vezes com os Estados Unidos, em Pequim em 2008 e em Londres em 2012.

Ironicamente, a medalha de ouro em Pequim 2008 foi conquistada em cima do Brasil que na época já tinha como destaques Marta, Cristiane e Formiga assim como no mundial deste ano.

A estreia de Pia será em um torneio amistoso realizado em São Paulo no Estádio do Pacaembu no final do mês de agosto, com a participação de Argentina, Chile e Costa Rica. E a treinadora já deixou claro que apesar do desempenho do Brasil em gramados franceses espera fazer grandes mudanças no time:

– “Preciso ter um pouco de cuidado com o que vou falar. Todos falam sobre como o estilo de ataque tem que ser modificado, mas precisamos de equilíbrio. Precisamos tomar conta do estilo de ataque, eu colocaria a mentalidade americana. Elas jogam não 90 minutos, mas 92 minutos. Apesar do ego grande, são as melhores em equipe. E na Suécia, que é defender a organização. Se eu conseguir trazer o melhor dos Estados Unidos e o melhor da Suécia, diria que vamos ter uma jornada interessante”.

Antes de ser apresentada na sede da CBF na Granja Comary Pia Sundhage conheceu a Granja Comary e chegou a se emocionar em sua passagem. A treinadora chega com apoio total da CBF como mostram as palavras do presidente da entidade, Rogério Caboclo:

– “Momento histórico, de grande alegria. De trazer a melhor treinadora do mundo para o melhor futebol do mundo. A Pia dispensa apresentações, simplesmente participou das três últimas finais olímpicas. Pia conjuga a qualidade técnica com as jogadoras que temos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *