Milan dos Coelhos precisa de ajuda para manter clube ativo

Em matéria publicada pelo folhape.com.br podemos conhecer a história de Evinho, um jovem que queria criar uma escolinha de futebol a qual funciona há 19 anos. Em 1998, ainda adolescente, fundou o Milan dos Coelhos, criado para abrigar um projeto social em uma comunidade carente da região central do Recife, onde hoje reúne cerca de 110 meninos, de seis a 17 anos de idade. Hoje a equipe é mantida apenas com parte das aposentadorias dos pais de Evinho, seu Brivan Marques e dona Marluce.

Segundo o próprio jornal, o Milan dos Coelhos recebeu apoio da Prefeitura do Recife por 12 anos e até mesmo chegou a fazer parte dos Círculos Populares de Esporte e Lazer da cidade. Contudo o apoio parou sem qualquer justificativa. Diante das dificuldades o grupo tem se mobilizado para conseguir ajuda de pessoas de fora.

Brivan tem segurado as pontas do projeto pagando condução para levar o time aos campeonatos, inscrições, confecções dos uniformes, além dos materiais básicos. Marluce ajuda com as refeições.

O mais incrível na história é que Evinho tem administrado seu sonho sentado numa cadeira de rodas. O rapaz teve uma vida difícil, sua mãe teve um parto de risco, com apenas seis meses e dez dias de gestação. Ele foi diagnosticado com paralisia cerebral. Hoje  ele está com 33 anos.

A prioridade do projeto é o estudo das crianças. Para treinar na equipe, precisa estar indo bem na escola.

O pequeno clube atua no futebol de campo e no futsal: do sub-7 até o sub-17. Nos 19 anos de história, muitas vitórias foram obtidas pelo Pernalonga, mascote da equipe em alusão ao bairro. Agora eles precisam da sua ajuda.

Doações para o projeto:
Evinho: 98769-6015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *