manifestações da copa do mundo 2014

A menos de um mês da Copa, protestos criam um clima de tensão em todo o Brasil

Desde o início do mês de maio milhares de pessoas se reúnem nos estados de São Paulo, Rio de janeiro e na Capital Brasília para protestar contra a realização da Copa do Mundo no Brasil alegando que o país necessita de melhores condições de vida, saúde e educação.

Nesta última quinta-feira (15) Manifestantes ocuparam a Avenida Paulista e o centro do Rio de Janeiro, em paralelo professores permanecem em greve e sobre protesto próximos aos locais de concentração contra a Copa, policiais militares ficaram apreensivos sem saber se as manifestações se juntariam. Apesar de ter juntando uma grande quantidade de pessoas os professores seguiam pacificamente em ambos os estados.

Rodoviários também pretendiam fazer paralisações nesta quinta (15) mas a decisão foi adiada para terça-feira (20), eles temiam que houvesse represália da polícia se os grupos se misturassem e o foco do movimento perdesse o sentido.

Em Brasília manifestantes sem-teto protestaram com foco em moradia e contra as ocupações realizadas durante o processo de preparação para a Copa do mundo, no início o movimento parecia organizado, com ônibus chegando de vários locais e se concentrando numa faixa do Eixo Monumental seguindo para a frente da sede da Terracap e depois sendo dispersado pela polícia militar após acordo de reunião com representantes da Terracap para negociar o fim da ocupação de pessoas em frente ao local.

A ideia que se passa com tudo isto é que mais atos de protesto podem vir a ocorrer em outros locais pelo Brasil, existem indícios de que cidades-sede da Copa do Mundo serão os principais alvos de protestos e esperasse que outras cidades vizinhas e até mesmo locais fora do país se juntem nesta grande corrente para melhorias nas condições de moradia, educação e saúde no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *