Liverpool se consolida como o clube inglês com mais títulos continentais

Ao apito final da grande final da UEFA Champions League 2018-19 no último sábado no estádio Wanda Metropolitano em Madrid o Liverpool comemorou e levantou a taça após dois gols marcados por Mohamed Salah e Divock Origi que acabaram com o sonho do Tottenham de conquistar o seu primeiro título da Liga dos Campeões.

Além da comemoração pelo título o Liverpool se consagrou como o clube inglês com mais conquistas na competição, além de consolidar a Inglaterra como o segundo país com mais título do torneio com 13 conquistas, desempatando a disputa com a Itália e atrás apenas da Espanha que tem 18 conquistas: 13 com Real Madrid e 5 com o Barcelona.

A equipe da terra dos Beatles chegou com o título do último sábado a 6 conquistas de UEFA Champions League em sua história, exatamente o dobro do seu grande rival Manchester United que aparece na segunda colocação. O surpreendente Nottingham Forest conquistou o título por duas vezes no final da década de 70 e início da década de 80, assim como Chelsea e Aston Villa possuem uma conquista cada.

O título deste ano na Liga dos Campeões além de consolidar o Liverpool como o grande clube inglês de todos os tempos na competição também serve como uma espécie de redenção para o elenco da última temporada, que quase não teve saídas e teve a chance de conquistar o título que escapou muito por conta da contusão de Mohamed Salah no início do jogo e principalmente pelas falhas do goleiro Karius.

Além disso, serviu também para acabar com a fama de pé frio do técnico Jürgen Klopp, que já havia perdido diversas finais continentais em sua carreira, como a do ano passado com o Liverpool, uma UEFA Europa League com o mesmo time e a final da Champions League em 2012-13 com o Borussia Dortmund.

Com o título o Liverpool conquista a vaga no Mundial de Clubes da FIFA, competição que provavelmente será disputada no Qatar neste ano. Apesar de ser 6 vezes campeão da Europa o Liverpool ainda não conquistou em sua história o título mundial, ficando com o vice-campeonato em três oportunidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *