Libertadores 2019 pode ter final em dois jogos

A Conmebol definiu em 2018 que já a partir desta temporada a Copa Libertadores da América, principal torneio organizado pela entidade, seria definida em partida única já a partir deste ano. Porém, a grande decisão entre Flamengo e River Plate poderá ter uma reviravolta e a Libertadores 2019 ser decidida em duas partidas como já é tradição no torneio continental.

E o motivo para isso foge da esfera esportiva: a Conmebol tem se mostrado bastante preocupada com os protestos populares no Chile contra o governo local, o que pode transformar Santiago em uma opção inviável para a final da Libertadores 2019 que está marcada inicialmente para o dia 23 de novembro no Estádio Nacional na capital chilena.

Com isso, a imprensa argentina já começa a repercutir a possibilidade de a Conmebol se reunir com as direções de River Plate e Flamengo para estudar a realização da final em duas partidas assim como já é tradição no torneio. A notícia foi dada inicialmente pelo canal argentino TNT Sports.

Caso isso realmente venha a ocorrer a primeira partida da decisão seria realizada no Estádio Monumental de Nuñez e o jogo de volta no Estádio do Maracanã, por conta de o time brasileiro ter realizado melhor campanha na fase de grupos da competição.

Ironicamente, isso faria com que a final da Libertadores fosse disputada por dois anos consecutivos no maior estádio brasileiro, já que a sede da final única é decidida com antecedência assim como na UEFA Champions League e já se sabe que a final da Libertadores 2020 será realizada no Maracanã.

Um grande impasse para esta final em duas partidas da Libertadores 2019 seria quanto à data em que elas seriam realizadas. Afinal, o torneio está marcado para ser encerrado no dia 23 de novembro, pouco tempo antes do início do Mundial de Clubes da FIFA.

Nesta temporada o torneio será realizado pela primeira vez em sua história no Catar, país que será a sede da Copa do Mundo de 2022. O representante da América do Sul estreia no dia 14 de dezembro em Doha enfrentando o vencedor do confronto entre o Espérance Tunis da Tunísia contra o vencedor da Liga dos Campeões da Ásia, que será decidida entre Al-Hilal da Arábia Saudita e Urawa Red Diamonds do Japão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *