Itália cogita a convocação do brasileiro Gabriel Martinelli

A Seleção Italiana divulgou recentemente uma nova camisa inspirada no renascimento, movimento cultural, econômico e político que surgiu por lá no século XIV e durou até o fim do século XVI. A camisa foi elaborada pelo fornecedor de material da Azzurra para “celebrar os novos tempos e talentos proeminentes na Itália, para revelar a grandeza de sua história e nação, enaltecendo a onda de talentos que se destaca no país, dentro e fora do campo”. E isso vai de encontro às notícias vindas de lá sobre o jovem brasileiro Gabriel Martinelli.

Gabriel Martinelli nasceu em Guarulhos na região metropolitana de São Paulo em junho de 2001, e após um grande começo de ano foi vendido pelo Ituano para o Arsenal da Inglaterra, onde em apenas 3 partidas com a camisa dos Gunners já marcou 4 gols, com média de mais deu um gol por partida.

Este início arrasador no futebol europeu fez com que a Seleção Italiana, que já conta com Emerson Palmieri e Jorginho, brasileiros naturalizados italianos, em seu elenco. Como Gabriel Martinelli tem dupla cidadania poderia defender a Itália sem grandes problemas, podendo escolher entre Brasil e Itália.

Esta escolha precisa ser feita pelo jogador, que não poderá defender nenhuma outra seleção após realizar uma partida oficial por uma delas, seja este jogo por competições ou nas Eliminatórias para a Copa do Mundo. Caso o jogo seja amistoso não há esse impedimento, assim como Diego Costa defendeu o Brasil antes de optar pela Espanha.

O técnico da Seleção Italiana Roberto Mancini comentou essa possiblidade, ainda que tenha sido vago sobre o assunto:

– “Não é tão fácil, é preciso fazer um pedido. Temos que esperar pelos jogadores com dois passaportes. Nesse meio tempo, continuaremos com Immobile e Belotti”.

Após ficar de fora da última Copa do Mundo a Itália vive um período de renovação em sua equipe, o que cairia bem para um jovem como Gabriel Martinelli que tem apenas 18 anos. Além dele, a Squadra Azzurra contra com diversos outros jovens como o goleiro Gianluigi Donnaruma, de 20 anos, o meia Nicolo Zabiolo também de 20 anos e o atacante Moise Kean, de apenas 19 anos de idade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *