Inter de Milão garante a contratação de Christian Eriksen

A Inter de Milão luta nesta temporada ponto a ponto para tentar acabar com a hegemonia da Juventus, campeã nas últimas 8 temporadas do Campeonato Italiano. A equipe de Milão é a segunda maior campeã da história com 18 títulos, contra 35 da Vecchia Signora, mas não levanta a taça desde a temporada 2009-10 quando ainda era treinada pelo português José Mourinho, que na mesma temporada conquistou o título da UEFA Champions League.

O time vinha fazendo grande campanha na primeira metade da temporada, mas acabou perdendo um pouco de força neste mês de janeiro, o que fez com que a sua diretoria se mexesse e fosse ao mercado em busca de novos jogadores. Foi assim que o clube acabou oficializando um namoro antigo e contratou o dinamarquês Christian Eriksen, de 27 anos e que atualmente defendia o Tottenham da Inglaterra.

Tanto o Tottenham quanto a Inter de Milão não confirmam os valores envolvidos na negociação, mas especulações da imprensa dão conta de que o jogador acabou custando para os cofres da equipe italiana 20 milhões de euros já que estava nos últimos 6 meses de seu contrato com a equipe inglesa.

Christian Eriksen começou a sua carreira como jogador profissional no Ajax em 2010 e até sair da equipe em 2013 conquistou o título do Campeonato Holandês por três vezes consecutivas, além de ter conquistado também o título da Supercopa da Holanda em 2013.

Teve propostas do Paris Saint Germain e do Borussia Dortmund, mas acabou se transferindo para o Tottenham onde por duas vezes foi eleito o melhor jogador do clube na temporada. Apesar de não ter conquistado títulos na Inglaterra chegou próximo disso, levando os Spurs ao vice-campeonato da UEFA Champions League depois de ser derrotado pelo Liverpool na grande final de Madrid.

Eriksen chega à Inter de Milão quase sem custos para o clube italiano, já que a verba de sua transferência veio quase toda do Flamengo. Afinal, o clube brasileiro acertou recentemente a compra do atacante brasileiro Gabriel Barboza, o Gabigol, por 18 milhões de euros que foram repassados integralmente ao Tottenham para que a Internazionale já pudesse contar de imediato com o dinamarquês em seu plantel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *