Grêmio volta a perder e fica cada vez mais longe do G4

A rodada de sábado do brasileirão foi complexa e nessa segunda-feira ainda tem jogos. O Grêmio acabou sendo derrotado pelo Cruzeiro e se afastou ainda mais da libertadores. Quinta seguida fora de casa no Brasileirão, a queda para a raposa simbolizou a fase final problemática do tricolor que terá outro jogo fora de casa diante do Vitória. Aparentemente a justificativa é a Copa do Brasil a qual o clube está a caminho das semifinais depois de vencer em casa por 2 a 1. Agora o Grêmio terá dois grandes desafios fora de casa, um valendo a permanência na Copa e o outro no brasileirão em confronto direto com o Vitória.

Internamente, há quem defenda que o Brasileiro seja tratado, cada vez mais, como segundo torneio. A Copa do Brasil é predileta para quebrar o jejum de títulos relevantes que dura desde 2001 e de quebra garantir vaga na Libertadores do ano que vem, e para isso o clube provavelmente vai abrir mão da vaga no Brasileirão. O jejum de títulos tem causado problemas com a torcida.

Publicamente o Grêmio garante trabalhar nas duas competições com o mesmo empenho, mas sabemos q isto acarreta em dividir esforço. Mesmo quando diz que tentará disputar vaga na competição continental via Brasileirão já não tem a mesma força de outros momentos.

“Já pensei nisso. Mas só vou decidir lá na frente. Quando o Grêmio não tiver mais chances no Brasileiro, e se Deus quiser vamos seguir na Copa, será outra história. Já fiz em outros clubes e posso fazer aqui. Se não tiver mais chance e tiver na Copa do Brasil, a dedicação será total. Mas por enquanto ainda não aconteceu. Estamos vivos em ambas e vamos assim até o final”, disse o técnico Renato Gaúcho.

O Grêmio com seus 40 pontos, está oito atrás do quarto colocado. Portanto precisaria necessariamente de ao menos duas rodadas para entrar na linha da competição.

Para ganhar a Copa do Brasil depende de cinco jogos. Passando pelo Palmeiras, o Tricolor encara quem avançar do duelo entre Corinthians e Cruzeiro. E na final ainda tem o outro lado da chave com Inter, Santos, Juventude e Atlético-MG.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *