Futebol nas Olimpíadas de Tóquio poderá ser Sub-24

A presença do futebol masculino nos Jogos Olímpicos sempre foi motivo de grande polêmica. Afinal, antes da criação da Copa do Mundo de Futebol, que teve a sua primeira edição apenas em 1930 no Uruguai, o torneio era o mais importante do esporte. Por conta disso, a FIFA sempre tentou manter travas na competição para que as duas competições não se tornassem rivais. Atualmente tendo como limite de idade para os jogadores 23 anos de idade, esta regra poderá ser ligeiramente alterada para as Olimpíadas de Tóquio, onde os jogadores poderão ter até 24 anos.

As Olimpíadas de Tóquio são as primeiras da história a serem adiadas já que originalmente seria realizada neste ano de 2020 mas teve que ser postergada em um ano por conta da pandemia do novo Coronavírus. Porém, enquanto isso não seria problema na maioria das outras modalidades, já que o futebol é o único que impõe impedimentos para jogadores participarem da competição, no futebol isso poderia impedir a participação de centenas de atletas.

Somente na seleção brasileira que disputou o torneio pré-olímpico ficariam de fora:

– Goleiros: Cleiton (Red Bull Bragantino) e Lucas Perri (São Paulo)

– Zagueiros: Gabriel (Lille), Luiz Felipe (Lazio) e Lyanco (Torino)

– Laterais: Caio Henrique (Grêmio) e Ayrton Lucas ((Spartak Moscou)

– Meio-campistas: Lucas Paquetá (Milan), Matheus Henrique (Grêmio), Maycon (Shakthar Donetsk) e Wendel (Sporting).

Por conta disso, a FIFA e o COI tentam chegar a um acordo para manter nas Olimpíadas de Tóquio em 2021 as mesmas regras que seriam utilizadas em 2020: permitir a participação de jogadores nascidos a partir de 1 de janeiro de 1997.

O futebol entrou no programa Olímpico em 1900 como esporte de exibição e somente em 1908 passou de fato a fazer parte do programa olímpico. A partir de 1936 somente jogadores amadores puderam participar da competição, e a partir de 1984 o COI e a FIFA entraram em acordo para que jogadores profissionais que nunca tivessem disputado uma Copa do Mundo pudessem jogar as olimpíadas.

A regra mudou novamente em Barcelona 1992, quando apenas jogadores Sub-23 foram autorizados a participar das olimpíadas. A última mudança nas regras aconteceu em 1996 em Atlanta, quando passou a ser permitido a inclusão de 3 jogadores acima de 23 anos entre os convocados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *