Flamengo inicia Brasileirão de roupa nova e técnico interino

O Flamengo foi de maneira disparada a melhor equipe do Campeonato Carioca deste ano, vencendo sem nenhum tipo de dificuldade a Taça Guanabara e se classificando para as semifinais da Taça Rio também sem nenhum tipo de dificuldade pelo meio do caminho. Porém, duas derrotas consecutivas acabaram com as chances de o time conquistar o Campeonato Estadual nesta temporada e ainda provocaram uma verdadeira revolução na comissão técnica da equipe.

Vale sempre lembrar: o ano não começou de maneira tranquila para o Flamengo, já que o time iniciou a temporada sem sequer saber se iria ou não poder contar com o técnico Reinaldo Rueda, desejado pelo Chile, em 2018. A novela se arrastou por semanas e, quando confirmado que Rueda não ficaria, restou apenas promover Paulo César Carpegiani ao cargo de treinador, sendo que o ídolo da torcida não havia sido contratado para esta função.

Falta de planejamento? Some isso a demissão de Carpegiani após o final da participação no Campeonato Carioca, com 70% de aproveitamento dos pontos, e de o clube ainda não ter um plano B para esta demissão, ficando até hoje, mais de duas semanas depois, ainda sem comandante.

Rodrigo Caetano. Mozes, Jayme de Almeida e mais nomes da comissão técnica e diretoria acabaram sendo demitidos, mostrando um Flamengo completamente perdido em ano eleitoral no clube.

As únicas certezas neste início de Campeonato Brasileiro são os fatos do time entrar em campo na primeira rodada ainda com Maurício Barbieri como treinador interino, e de que durante o campeonato o time irá usar uma roupa diferente da atual.

Nesta semana a Adidas revelou finalmente os detalhes da nova camisa do Flamengo, que se manterá rubro-negra como é tradicionalmente mas que terá detalhes com grafismos nas cores do uniforme e também o escudo da equipe com as iniciais CRF reestilizado e modernizado.

A nova camisa será utilizada pela primeira vez na próxima quarta-feira em confronto contra o Santa Fé da Colômbia pela Copa Libertadores da América e a expectativa é que seja utilizada no Campeonato Brasileiro pela primeira vez na segunda rodada da competição, no domingo no Maracanã contra o América-MG, partida que marcará a aposentadoria do goleiro Júlio César dos gramados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *