Federação define data do retorno do Campeonato Espanhol

A pandemia do novo Coronavírus causou a paralisação de quase tudo no mundo atual, incluindo as ligas esportivas. Um dos principais epicentros da doença no globo, a Espanha paralisou o Campeonato Espanhol desde o dia 12 de março. E após mais de 2 meses de paralisação a La Liga já tem uma data definida para voltar: o dia 11 de junho.

O anúncio do retorno do Campeonato Espanhol veio após uma semana de grandes polêmicas, após a La Liga perder uma batalha judicial contra a Real Federação Espanhola de Futebol, a RFEF.

Em uma briga que já dura desde o ano passado, a Federação Espahola manteve o seu poder de veto sobre o Calendário da La Liga, para que as partidas do Campeonato Espanhol sejam disputadas apenas aos finais de semana, enquanto a La Liga tentava poder voltar a marcar jogos tanto para as sextas quanto para as segundas-feiras.

Mesmo com o presidente da RFEF, Luis Rubiales, e o chefe da La Liga Javier Tebas sendo inimigos declarados, a Federação Espanhola por meio de seu presidente emitiu um comunicado saudando a decisão do juiz mas permitindo que a La Liga marque jogos em qualquer dia da semana após o retorno por conta da situação de excepcionalidade.

Agora a La Liga poderá marcar todos os jogos que faltam para a conclusão do campeonato,  que foi paralisado após a 27ª rodada e traz o Barcelona como o atual líder com 58 pontos. O Real Madrid vem na segunda colocação com 56 pontos conquistados, enquanto o Sevilla aparece na terceira colocação com 47 pontos conquistados.

A única exigência da RFEF é a de que seja respeitado o intervalo mínimo de 72 horas para que uma mesma equipe possa entrar em campo novamente.

Agora a expectativa é para o retorno dos jogos já no dia 11 de junho, com o clássico entre Sevilla e Betis sendo realizado na data. A primeira rodada completa deve ser disputada no final de semana dos dias 13 e 14 de junho, com as 11 rodadas restantes sendo disputadas até o dia 19 de julho.

Os clubes espanhóis já voltaram aos treinamentos e a partir da próxima semana já não terão mais restrições para realizar treinamentos coletivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *