Cristian fica de fora do Paulistão e é pressionado para deixar Corinthians

O Corinthians fechou a lista de atletas para a disputa do Campeonato Paulista 2017 e deixou o meio Cristian de fora da relação. De acordo com a reportagem do portal Esporte UOL, com a decisão a equipe paulista estaria forçando o atleta a deixar o clube. Cristian tem o maior salário do clube e foi oferecido à Chapecoense, que teria recusado o atleta por aspectos técnicos e também pela incapacidade de arcar com os vencimentos do atleta. Cristian foi ídolo da torcida corintiana em sua passagem pelo clube nos anos de 2008 e 2009, quando a equipe voltou à série A do Campeonato Brasileiro e venceu a Copa do Brasil e o Paulistão.

De acordo com a reportagem, o meio campo tem feito negativas quanto uma possível saída do clube, mesmo com a comissão técnica dando sinais de que vai apostar em outros atletas para o setor. Essa semana, o clube praticamente acertou o retorno de Jadson, que deve assumir o topo da lista de atletas mais bem pagos do Timão.

Oferecido à Chapecoense, foi elogiado pelo técnico Wagner Mancini. Apesar disso, o treinador viu algumas limitações na parte física e técnica do jogador. O questão salarial também teria contribuindo para a recusa da equipe catarinense. Atualmente, Cristian recebe cerca de R$ 420 mil mensais no Corinthians. Ele também foi oferecido à equipes da China e Turquia.

Essa não é a primeira vez que o meio campo é preterido no Corinthians. Durante o comando de Tite, ele também ficou de fora dos relacionados para o Paulistão. Na época, o atual técnico da Seleção brasileira disse que o jogador deveria ser emprestado, o que não ocorreu. Posteriormente, Tite deu uma nova chance a Cristian e ficou bastante satisfeito com o desempenho do comandado. Em 2016, Cristian disputou apenas 18 jogos, das 67 vezes que o Corinthians entrou em campo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *