CR7 perde a cabeça e é expulso após empurrar árbitro

Sabe aquele dia que você perde a cabeça? O atacante do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, fez um escândalo repleto de ação contra o Barcelona no domingo (13).

Ronaldo iniciou o primeiro jogo da Supercopa da Espanha no banco, mas substituiu Karim Benzema, com o Real ganhando de 1-0, aos 13 minutos dos segundo tempo.

Com Ronaldo no campo, Lionel Messi, do Barcelona, ​​conseguiu um empate depois que Luis Suarez foi derrubado pelo goleiro Keylor Navas em lance que virou pênalti.

A coisa toda começou quando CR7 faz um gol e tirou a camisa, levando cartão amarelo. Momentos depois, aparece em excelente posição e com um marcador em suas costas ele cai, o árbitro considerou simulação e expulsou o português, mostrando-lhe o segundo amarelo.

Depois de apenas 24 minutos no campo, ele foi expulso. Mas Ronaldo não estava feliz e expressou sua frustração ao parecer empurrar o árbitro.

Zinedine Zidane, gerente do Real Madrid, sentiu que era injusto. A equipe poderia apelar por conta do cartão vermelho, mas o empurrão no árbitro pode deixar Ronaldo em sérios problemas.

Bengoetxea, afinal, confirmou o incidente no relatório da partida. De acordo com alguns jornais internacionais, seu relatório afirmou : “Uma vez que o cartão vermelho foi mostrado, o jogador me empurrou levemente em um sinal de desacordo”.

As regras sobre empurrar um árbitro são claras – Ronaldo pode receber uma suspensão de 12 jogos.

O artigo 96 do livro de regras da FA espanhola aponta como um empurrão para um funcionário pode gerar qualquer coisa, desde a proibição de quatro jogos até a proibição de doze do jogo”.

O Real Madrid eventualmente ganhou o jogo 3-1. A equipe recebe o Barça da quarta-feira. Não temos informações sobre a suspensão do CR7, fiquem ligados no site que a qualquer momento a resolução do caso pode sair.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *