Corinthians empata com Grêmio e vive pseudocrise

Sabemos que o Corinthians viveu o drama do desmanche e até então ainda há jogadores saindo do clube, o mais recente foi Elias, mais um fruto de investidas chinesas. Assim fica complicado até mesmo para Tite criar um ambiente favorável a bons resultados. O clube falhou no paulistão diante do Audax e foi eliminado da Libertadores, o que faltou?

São quatro partidas com quatro empates no período, o último deles no domingo (15). Mas a verdade é que o Corinthians completará um mês sem sentir o sabor da vitória. Para Tite, após as eliminações no Paulistão e na Copa Libertadores, o período que se abre será de mudanças dentro do elenco e do time titular. O time precisa recuperar a moral antes de enfrentar o Vitória na próxima rodada, este jogo pode levantar os ânimos ou confirmar a situação de queda do clube. Vale lembrar que no ano passado o Timão viveu algo parecido e foi campeão do Campeonato brasileiro edição 2015.

“Se tratando de Corinthians temos que vencer sempre. Por outro lado pegamos equipes de qualidade, tivemos três empates em casa. o Nacional é muito rápido, o Grêmio é muito técnico, mas fizemos bons jogos. Não perder é importante”, disse Giovanni Augusto.

“Esses ajustes e esse processo que fazemos é de ajustar setores, ajustar engrenagem, para que a equipe possa produzir. (…) Um pouquinho de credibilidade num técnico que nos últimos quatro anos ganhou dois. Eu tenho um pouco de carinho, respeito ao torcedor, para pedir: não faça o que fez com o Rodrigo, com o André. Eu sei que daqui a pouco eu posso não ser o técnico ideal para bastante gente, só tenho é que passar critérios, ideias…”, afirmou Tite referente ao jogo com o Grêmio quando a torcida fez manifestação em frente ao CT e vaiou Rodriguinho e André.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *