Conmebol quer recriar a Supercopa da Libertadores

A FIFA aprovou a realização de um novo Mundial de Clubes em 2021, que será disputado na China e reunirá 32 equipes de todas as partes do mundo. Porém, deixou para cada uma das confederações definir qual será o critério de classificação para cada um de seus representantes, o que mais uma vez escancarou toda a bagunça que permeia a Conmebol, Confederação Sul-americana de Futebol.

A Conmebol terá direito a 6 vagas no Mundial de Clubes de 2021, e para preenche-las pretende premiar os campeões da Copa Libertadores da América e da Copa Sul-americana de 2019 e de 2020. Com isso, ainda sobrariam duas vagas para clubes sul-americanos. E para preencher estas vagas a Confederação pretende reeditar a Supercopa da Libertadores, torneio realizado entre 1988 e 1997 e que anualmente reunia para a disputa todos os clubes que já haviam conquistado o título da Copa Libertadores da América.

Na época o Brasil era representado por apenas Santos, São Paulo, Cruzeiro, Flamengo e Grêmio, com o São Paulo ficando com a taça em 1993 após um bicampeonato do Cruzeiro, em 1991 e 1992. A competição foi substituída em 1998 pela disputa da Copa Mercosul, que atualmente também já foi substituída pela Copa Sul-americana.

Caso a competição volte a ser disputada atualmente irá ganhar o reforço de várias equipes brasileiras que acabaram conquistando a Copa Libertadores da América após 1997: o Vasco ficou com o título em 1998, o Palmeiras conquistou em 1999, o Internacional foi bicampeão em2006 e 2010, o Corinthians conquistou a América em 2012 e o Atlético-MG ficou com o título em 2013.

O grande problema para os clubes brasileiros seria a data da realização da Supercopa da Libertadores: entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021. Este período compreende as férias dos jogadores e a pré-temporada para o ano seguinte.

Por conta disso, a CBF já se posicionou totalmente contra a realização desta nova competição. Os clubes nacionais veem com bons olhos a reedição do torneio, já que seria uma nova fonte de renda. Porém, dizem de forma unânime que para isso precisaria haver um sério ajuste no calendário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *