Boca Juniors vestirá Adidas a partir de 2020

Uma das maiores e mais vitoriosas parcerias entre time de futebol e fornecedor de material esportivo do futebol sul-americano irá chegar ao final neste ano, após nada menos do que 24 anos de muito sucesso: o Boca Juniors da Argentina deixará de vestir Nike em 2020 e assinará um contrato de fornecimento de material esportivo com a Adidas, em um contrato recorde para o mercado argentino.

Segundo o jornal argentino Olé o Boca Juniors, que veste uniformes feitos pela Nike desde 1996 irá receber da Adidas a partir de 2020 US$ 10 milhões fixos anuais, mais um bônus de assinatura de US$ 3 milhões na primeira temporada e uma estimativa de US$ 2 milhões por venda de peças na Argentina e no exterior. Ou seja, um acordo de US$ 15 milhões que convertidos na cotação atual dariam algo em torno de R$ 56 milhões.

Mais do que garantir um ótimo faturamento para o Boca Juniors este contrato serve para apimentar ainda mais a rivalidade com o River Plate, que recebe anualmente US$ 9 milhões da mesma Adidas, o que deve fazer com que a gigante alemã tenha que rever este contrato ou encerrar a parceria com os Millonarios.

Além deste valor fixo o contrato do Boca Juniors com a Adidas ainda traz uma série de bonificações para a equipe por títulos, como US$ 1,1 milhão de bônus pelo título do Mundial de Clubes da FIFA, US$ 1 milhão pela conquista da Copa Libertadores da América, US$ 900 mil como bônus pela conquista do título do Campeonato Argentino e US$ 350 mil pelo título da Copa Sul-americana.

Estes são valores que podem ser alcançados. Se levarmos em consideração apenas o período em que o time teve como parceira a Nike, desde 1996, foram quatro títulos da Copa Libertadores da América, duas conquistas da Copa Sul-americana e mais duas da antiga Copa Intercontinental que hoje foi substituída pelo Mundial de Clubes da FIFA.

Além disso, o time também conquistou 7 vezes o torneio Apertura e 2 do Clausura do Campeonato Argentino em seu antigo formato, além de já ter conquistado por 3 vezes a nova forma de disputa em turno e returno por pontos corridos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *