Após derrota, Messi declara que não joga mais pela Argentina.

Pela terceira vez seguida e quarta vez na carreira, Lionel Messi vive o drama de ser vice pela Argentina, o atacante afirmou estar encerrando o vinculo com a seleção após o pênalti perdido na final da Copa América de domingo (26). Em entrevista ao canal “TyC Sports”, o camisa 10, ainda muito abatido, admitiu ser um momento difícil para análise, mas garantiu que não vai jogar mais pela seleção dos hermanos. ‘É o que sinto agora’.

“É incrível, mas não dá. Não passamos de novo pelos pênaltis. É a terceira final seguida. Buscamos, tentamos. É difícil, o momento é duro para qualquer análise. No vestiário pensei que acabou a seleção para mim. Não é dá mais. É o que sinto agora, é uma tristeza grande que volto a sentir. Foram quatro finais, infelizmente não consegui. Era o que mais desejava” afirmou Messi.

“É para o bem de todos. Por mim e por todos, muitos desejam isso. Não se conformam com chegar a final, nós também não nos conformamos. Perdemos mais uma vez nos pênaltis” finalizou.

Após falha de Vidal do Chile, Messi tinha nas mãos a chance de virar a maré para o lado argentino, mas também acabou falhando na cobrança de pênalti ao mandar por cima do gol. Depois Biglia também perdeu e o Chile fechou sem erros e conquistou o bicampeonato na Copa América após o 0 a 0 no tempo regular e prorrogação.

Ano passado a seleção havia perdido para os chilenos no mesmo cenário de empate e pênaltis. Em 2014, esbarraram na Alemanha na final da Copa do Mundo, no Brasil: derrota por 1 a 0 no fim da prorrogação, no Maracanã, era uma chance de ouro para os hermanos latinos. Para fechar os quatro vices teve a edição da Copa América de 2007 na final contra o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *