Alex reincide contrato com Internacional em prantos

Alex se despediu do Internacional na noite de terça-feira (10) sem multas após acordo com direção do clube, e durante a quarta falou junto ao presidente Marcelo Medeiros. Chorou e fez sua despedida.

“É difícil a despedida. Isso iria chegar em algum momento, pela aposentadoria, como seria um desejo, mas vivemos num mundo competitivo que precisa de resultado e mudança. O Marcelo foi quem me trouxe do Qatar para cá. E o tempo que convivemos eu agradeço a Deus e é um dos caras que posso colocar a mão no fogo no futebol e na vida. É um dia muito triste”, Disse Alex.

Ele ainda falou sobre o momento difícil, que sente pelo clube, pela torcida, deixou claro sua gratidão e disse que a interrupção foi melhor do que esperava. “Desejo um ano de trabalho, que Deus ilumine este vai e vem, e vimos coisas ruins acontecendo há pouco tempo. Uma gratidão a todos os funcionários”, continuou.

Do outro lado o presidente Marcelo Medeiros, também em parte emocionado, agradeceu ao atleta e toda a jornada até aqui.

“Nós colorados só temos uma expressão para este momento: muito obrigado. Um jogador com esta história, com mais de 320 jogos honrando a camisa do Inter, colecionador de taças e títulos, um exemplo, uma referência, merece ser tratado com respeito, retidão… E ontem, essa emoção que é característica dele, em um momento delicado porque a vida segue para ele e o clube, mostrei para ele uma foto que guardo no meu celular, foi a homenagem dos 250 jogos que tive o privilégio de fazer naquele momento”, contou.

Não é o fim para Alex, o atleta que disputou 323 partidas pelo colorado e conquistou 12 títulos, incluindo o mundial em 2006, ainda vai continuar na carreira profissional e aguarda propostas de clubes como um jogador desprotegido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *