Palmeiras e Boca Juniors fazem o jogo mais aguardado da Libertadores

O Palmeiras ainda vive um jogo que parece não ter terminado, após perder o Campeonato Paulista no domingo dentro de casa para o seu principal rival com sérios indícios de que, embora o juiz tenha acertado, tenha sido utilizada uma interferência externa para a não marcação de um pênalti. Agora precisando mudar o foco para a Copa Libertadores da América o clube faz contra o Boca Juniors um dos clássicos mais aguardados deste primeiro semestre no futebol sul-americano.

Agora com foco total na Copa Libertadores da América o Palmeiras entra em campo na noite desta quarta-feira defendendo uma campanha de duas vitórias consecutivas nas duas primeiras partidas, fato que não ocorria desde a sua participação na Libertadores de 2001, ou seja, quase duas décadas.

Neste ano o Palmeiras é o líder do Grupo 8 com estes 6 pontos conquistados, enquanto o Boca Juniors vem logo na sequência após ter empatado com o Alianza Lima fora de casa na estreia e vencendo o Junior Barranquilla na Argentina na segunda rodada.

As duas equipes entram em campo nesta noite no Allianz Parque, em São Paulo, às 21h45 pelo horário de Brasília em uma reedição das finais da Copa Libertadores da América de 2000, quando o Boca Juniors acabou levando a melhor e ficando com o título: 2×2 jogando na Argentina e 0x0 jogando no Brasil, com o Boca vencendo por 4×2 nos pênaltis.

Até hoje em toda a história Palmeiras e Boca Juniors já se enfrentaram por 8 vezes tanto pela Copa Libertadores da América quanto pela extinta Copa Mercosul, e o Palmeiras venceu por duas vezes, tivemos 5 empates e mais uma vitória do Boca Juniors. Em casa o Palmeiras nunca perdeu, com duas vitórias e dois empates em quatro jogos.

Para a partida desta noite o Palmeiras deverá entrar em campo com o mesmo time que enfrentou o Corinthians na final de domingo. A única novidade deve ser Felipe Melo, que na ocasião estava suspenso.

Já o Boca Juniors terá como grande destaque o retorno de Tévez, embora o atacante deva começar a partida no banco com o ex-cruzeirense Ábila entrando como titular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *